Alternancia de poder

Em qualquer democracia a alternância do poder faz parte da manutenção do sistema politico e governamental. A cada alternância, as políticas que deram certo ou errado devem ser recicladas. Mas, alternância de poderes somente são possíveis quando ha alternativas. O Brasil viveu algo muito semelhante este ano. Um governo de 12 anos, desgastado com inúmeros casos de corrupção, somados aos abusos cometidos pela FIFA durante a copa do mundo e o desperdício de oportunidades de colocar o Brasil num rumo seguro de desenvolvimento social e sustentável, parecia condenar o governo de Esquerda a um fim lamentável. Porem, uma Direita desesperada pelo poder, sem um plano concreto de governo que prometia apenas mudanças, sem apresentar nenhuma transformação clara em suas políticas neo-liberais, acabou salvando o governo de Esquerda de uma derrota que poderia ter sido histórica. A reeleição de Dilma Rousseff possivelmente tem muito pouco a ver com o seu desempenho como Presidente. As evidencias que observei ao longo dos últimos quatro anos apontam a culpa para uma Direita incapaz de fazer oposição e incapaz de promover reformas na base ideológica dos partidos que a representam. A vitoria de um candidato do PT ao governo do estado de Minas Gerais e a posterior vitoria de Dilma também em Minas Gerais, estado onde Aecio desenvolveu sua carreira política, demonstrou um erro estratégico e vital que custou as eleições presidenciais ao PSDB. Ésta, deveria ter sido uma vitoria fácil para a Direita caso eles tivessem concentrado os últimos 12 anos em promover um candidato serio e terem realizado as reformas necessárias para se adequar a realidade dos Brasileiros. Nada disso foi feito e o Brasil acabou optando pelo mais obvio. Talvez a maior lição que os tucanos devem aprender é o fato de que sem uma nova e clara alternativa não é possível haver alternância. Saudações Fraternas!

Michaell Lange, Londres – 02/11/14

4 thoughts on “Alternancia de poder

  1. Amigo, quanto a política não tenho argumentos no momento, porém, deixo aqui meus sinceros desejos de sucesso. Abraço.

  2. Fala,parceiro!Muito bem explanado seu comentário.Serias um ótimo analista político.Aliás,nessa eleição algo que me deixou estarrecido e triste foi constatar que jornalistas renomados e revistas até então de respeito ,os quais eu achava que eram,explicitaram uma ignorância medieval (cito Diogo Mainardi)que responderá até a processo,por humilhar os nordestinos, e o grupo abril-globo,que usaram de artifícios sórdidos para manipular nossa sociedade.Como irei,a partir de agora me informar de verdade e com imparcialidade,se em meu país os maiores veículos de comunicação se prostituíram?Ficou em mim um trauma midiático,não confiarei em revistas,jornais , telejornais e rádios por um bom tempo ou quiçá nunca mais, em se tratando de Brasil.Um abraço brother!

    • Eh importante ler de tudo, mesmo aquilo que consideramos lixo. A diferenca esta no questionamento e nao aceitar opinioes prontas. saber identificar lixo de algo interessante eh vital para a liberdade de pensamento. Eu costumo dizer que um reporter deve reportar um acontecimento ou seja, me dizer o que acontece e nao o que ele pensa sobre o que acontece. A conclusao eh sempre minha e nao dele. Se vc sabe fazer isso, podes ler tudo que quiseres…

      • Ainda bem que tenho senso crítico e eles não me enganam.Só é triste a falta de profissionalismo de quem deveria passar informações com a responsabilidade social confiável.Obrigado pela resposta brother,como sempre,bem colocada.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s