LONDRES SOB ATAQUE

By: Michaell Lange,

22/03/17 –

Foi uma tarde tensa aqui em Londres. As noticias começaram a chegar via redes sociais sobre um sério incidente próximo ao Parlamento Britânico. A noticia aqui corre rápido e os olhares das pessoas logo se tornaram apreensivos. A primeira coisa que você tenta fazer nestes casos, é tentar contactar amigos e familiares e saber se estão todos bem. Logo em seguida enviei uma mensagem para o Brasil explicando o que estava acontecendo e que estávamos todos bem. Ao mesmo tempo, alguns canais de TV ja transmitiam ao vivo via FaceBook  e Twitter direto das proximidades do incidente. Sky News, BBC, RT, Al Jazeera e ITV News, tem escritórios e estúdios a menos de 500 metros do Parlamento. Uma imagem de um helicóptero mostrava inúmeras vitimas no chão em todo o trajeto da Westminster Bridge (ponte ao lado do Parlamento) desde da extremidade Sul até a outra margem do rio. Ao longo da rua que segue ao lado do famoso relógio Big Ben, um veículo 4×4  havia invadido a calçada e estava cercado por carros da policia. Tudo isso estava sendo transmitido para o mundo enquanto a policia e os serviços de emergência chegavam ao local do incidente. A primeira Ambulância chegou no local 6 minutos depois da primeira ligação.

As noticias eram tão recentes que os repórteres se limitavam a narrar o que assistiam nas imagens e reproduziam o que outras redes de comunicação publicavam no Twitter. Sabia-se que haviam sido disparados tiros de armas de fogo e era possível ver um veiculo 4×4 parado encima da calçada do Parlamento onde logo ao lado, policiais e paramédicos tentavam reanimar uma pessoa que estava deitada no chão. Eu estava no Terminal 4 do Heathrow Airport, o mais movimentado da Europa. A policia armada, logo iniciou o patrulhamento em todos os Terminais. Carros, Vans e caminhões da policia estavam em todas as entradas e saídas do aeroporto. Não houve pânico. Os policiais armados se mostravam tranquilos, mas era possível ver em seus olhos a seriedade do momento. Hoje faz exatamente 1 ano dos ataques ao aeroporto de Bruxelas, e a ultima coisa que a policia local gostaria de ver, era um incidente parecido que forçasse o fechamento de um aeroporto onde transitam diariamente, 175 mil passageiros e 1400 vôos.

De acordo com  a investigação e o depoimento de inúmeras pessoas que presenciaram o incidente, um homem dirigindo um veículo 4×4 avançou sobre a multidão que estava na ponde de Westminster no sentido Sul/Norte rumo ao Parlamento deixando mortos e feridos espalhados pela ponte. Uma mulher foi resgatada por um barco do corpo de bombeiros que fazia exercícios próximo ao local. Não se sabe se ela pulou no rio para escapar do ataque ou se ela teria sido atingida e jogada no rio pelo carro em alta velocidade. Ao chegar do outro lado ja junto ao Parlamento, o motorista invadiu a calçada batendo no muro do Parlamento. Nesse momento, o motorista teria saído do carro e atacado com uma faca um dos policiais que faziam a segurança do Parlamento. Em segundos, dois policiais a paisana se aproximaram e atiraram no agressor. Três tiros foram disparados. Apesar dos esforços dos paramédicos, o policial e o agressor morreram no local.

A primeira Ministra Theresa May, que estava presente no Parlamento no momento do ataque, foi rapidamente retirada e levada sob escolta policial para um local seguro. Parlamentares diziam no Twitter que estavam dentro do Parlamento sob forte escolta policial. Toda a região ao redor do Parlamento Britânico que inclui além do próprio Big Ben, a London Eye (roda gigante), o Aquário, Trafalgar Square, o St James Park, o Palácio de Buckingham e as estações de trem e metrô de Westminster e Vitoria, foram cercados e isolados pela policia. Ninguém entrava ou saía do local. Muitas pessoas ligaram para rádios e canais de TV para relatar o que estava acontecendo. Ao menos dois ônibus com turistas, incluindo um grupo de estudantes Franceses de 15 e 16 anos, estavam na ponte no momento do ataque. A policia acredita que possa haver um segundo agressor e uma busca estava em andamento pela policia na região.

Londres era, até hoje, a única capital Européia considerada segura e que ainda não havia sofrido nenhum ataque terrorista recentemente. A policia de Londres disse no final do dia que  infelizmente aconteceu o que acreditávamos ser uma questão de tempo. Mas o chefe da Policia metropolitana reiterou que Londres esta preparada para reagir contra esse tipo de ataque. O Prefeito de Londres Sadiq Khan, disse que  Londres não irá se acovardar diante desse tipo de ataque. Theresa May, classificou o ataque de desprezível e doentio.

Londres é possivelmente a cidade mais segura do mundo. Uma das qualidades que salta aos olhos de um Brasileiro como eu, é a ausência de medo. Mas, é exatamente essa ausência de medo que nos choca tanto quando algo desse tipo acontece. A imagem mais impressionante de hoje, e que certamente reflete a qualidade da sociedade Londrina, é a imagem de paramédicos, incluindo um Parlamentar tentando salvar a vida do policial que acabara de ser esfaqueado, e logo ao lado, um outro grupo de paramédicos tentando salvar a vida da pessoa responsável por toda aquela desgraça que ali estava.

Mas, não podemos deixar de refletir as razões por trás da violência que assistimos hoje em Londres. Devo dizer antes, que absolutamente nada justifica a violência indiscriminada contra civis inocentes incluindo crianças, que foi promovida nas ruas de Londres hoje e mais recentemente em outras cidades da Europa. Assim como a violência no Brasil é resultado de um problema social ou seja, há uma história por trás da violência que explica a violência no Brasil, a Europa vive também uma situação que é resultado de ações militares que deixaram países completamente devastados pela guerra, e populações sem ter para onde fugir. São estas situações de total desespero que deixa o ser humano exposto e propenso a cometer atos de violência. Da mesma forma que um pai de família, trabalhador, cidadão exemplar, pacífico e diplomático, é capaz de triturar uma pessoa que tenha estuprado sua filha, o terrorista Islâmico esta exposto a situação similar onde crianças são queimadas vivas por bombas fabricadas e lançadas por Europeus e Americanos. Nada justifica a violência, mas é fato que violência gera violência. Londres viveu hoje o que São Paulo e Rio de Janeiro vivem o tempo todo. Os ataques nas ruas de Londres são insignificantes se comparados com o que os Sírios, Iraquianos e Líbios enfrentam todos os dias. É importante condenar a violência, mas também é importante entendermos as suas causas.

Os ataques de hoje deixaram até o momento, 5 mortos e 40 feridos. É provável que esse número continue a mudar ja que muitos dos feridos estão em estado grave. A preocupação é que o ataque de hoje possa inspirar novos ataques, por esse motivo o governo Britânico anunciou que haverá mais policiais armados em Londres e nos aeroportos da cidade para garantir a segurança de seus cidadãos e visitantes. O ultimo ataque terrorista no Reino Unido aconteceu em Junho do ano passado quando um extremista de extrema direita matou a Parlamentar Jo Cox a facadas e a tiros enquanto gritava “British first”. A policia acredita que o ataque de hoje foi motivado por extremistas Islâmicos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s