O SEGREDO DE UMA SOCIEDADE DESENVOLVIDA NÃO ESTA NOS FALSOS LÍDERES. ESTA NAS CRIANÇAS!

Por: Michaell Lange,

Londres, 31/03/16 –

Hoje como de costume, levei meu filho no parque que ele também como de costume, escolheu. Há cinco parques aqui próximos de casa com boa infra-estrutura. O South Park e o Wimbledon Park são os preferidos do meu filho, e confesso que estes são meus preferidos também. Enquanto ele brincava, fiquei analisando e pensando sobre a quantidade de atividades de qualidade que ele tem acesso gratuitamente. Penso que isso pode transformar a vida dele incluindo as chances e eventuais oportunidades pessoais e profissionais que ele terá no futuro. Considerando que todas as crianças que estavam ali usufruem dos mesmos benefícios, isso significa que essa nova geração, dessa futura sociedade, ja estará a frente e com vantagens expressivas sobre outras milhares, (ou seriam milhões?) de crianças ao redor do mundo que não tem qualquer acesso a laser de qualidade. Sim, o Brasil é o país que sempre faz parte dos meus comparativos, afinal de contas, apesar da distância e do tempo, meu coração bate e sempre baterá em ritmo de samba. 
O estacionamento do parque ja para começar, é gratuito. Isso se você for de carro, porque há ônibus e metrô a todo minuto, mas hoje o automóvel foi o nosso meio de transporte. Logo que chegamos meu filho que tem três anos e meio, ja foi pegando sua bicicleta e saiu em disparada na direção de um parque de diversões que esta de visita esta semana aqui em Wimbledon. O governo local sempre exige, como parte da licença, que uma ou duas atividades sejam gratuitas. Por coincidência, ou sorte, o brinquedo que o Thomas mais gosta era gratuito. Depois de uns 10 minutos no brinquedo, o carinha metido a gente grande, pegou a bicicleta e saiu novamente em disparada. Passou na frente do campo de golfe e disse que queria jogar. Concordei porque ele adora brincar ali, e a bolinha e o taco são fornecidos pelo parque sem cobrança extra para crianças. Ficamos ali por uns 40 minutos até que ele perdesse o interesse. Saímos dali direto para as quadras de tênis onde ficamos jogando por mais meia hora. Depois disso, ele saiu a mil por hora novamente com a sua bicicleta, ziguezagueando por entre as pessoas que por ali caminhavam e só parou no playground (parquinho). Ficamos ali por mais meia hora até a hora de voltar pra casa, mas não antes ainda passamos no lago para alimentar os gansos e patos que ali habitam, além dos esquilos que adoram comer na nossa mão.
Essa rotina é seguida ao menos três vezes por semana com custo quase zero. Digo quase, porque ele sempre nos convence de tomar um sorvetinho (só nos finais de semana) ou tomar um famoso “Babyccino”, uma versão de capuccino para crianças preparado com espuma de leite e uma pitada de chocolate em pó no topo. A maioria das cafeterias não cobram por isso.
Meu maior questionamento é o seguinte: Qual é o impacto que tamanha diversidade de acesso a boas atividades como estas citadas acima, pode ter na vida de uma criança? Como seria o Brasil, se todas as crianças tivessem acesso aos mesmos benefícios que meu filho dispõe aqui no Reino Unido? É muito provável que somente crianças de classe média alta, vivendo em condomínios de luxo possuem acesso ao mesmo número de atividades que todas as crianças Britânicas tem por aqui sem custo extra, mas e o restante do futuro do Brasil como ficam? É evidente aos meus olhos que a violência e a marginalização da sociedade Brasileira, se deve ao fato de que nossas crianças crescem largadas ao vento e à sorte do acaso ou de ter talvez, uma bola de futebol para passar o tempo. Nossas crianças crescem negligenciadas pelo estado, discriminadas pela sociedade e serão mais tarde, acusadas de terem tido escolha e de terem feito a escolha errada. O que podemos esperar de uma sociedade que não cuida de suas crianças? Que futuro um país pode ter se, geração após geração as crianças continuam sendo totalmente marginalizadas, criminalizadas e negligenciadas pelo estado e pela sociedade?
Certamente algumas mentes Brasileiras ditas “intelectuais”, dirão que as crianças da periferia escolheram as ruas e a violência ao invés do esporte, do laser, da segurança, do incentivo, das oportunidades, da estabilidade familiar, da educação e da inclusão social. Ao contrario de crianças de países desenvolvidos, as crianças Brasileiras perderão o respeito e o valor social que uma criança instruída e bem educada poderia ter caso as oportunidades e os devidos investimentos estivessem disponíveis para toda a sociedade. O movimento dos estudantes de São Paulo são evidencias desse problema. Ao contrário das crianças Britânicas, as crianças Brasileiras são caçadas pela policia militar que faz triagem com vidas inocentes nas periferias em busca de adolescentes sem futuro e sem valor social. São vitimas de um extermínio sistemático, promovido pelo estado através da policia e ignorado pela sociedade. Um extermínio sistemático que extermina as chances de desenvolvimento do Brasil. Sem crianças bem formadas não somos nada!
No parque que meu filho brinca, crianças de algumas das famílias mais ricas do mundo, divertem-se lado-a-lado com todas as crianças. Dividem o mesmo balanço, o mesmo escorregador e socializam-se de forma natural, sem separação evidente de classes. Como você acha que o relacionamento entre estas crianças será no futuro? Não há preocupação com relação a quantidade de dinheiro que os pais possuem, nem seu status social. O que vale é a diversão das crianças e como elas aprendem a socializar-se com outras crianças.
A inocência do meu filho não lhe permite ainda, perceber minha angustia de vê-lo ali se divertindo com tanta liberdade, com crianças de todas as cores, nacionalidades e classes sociais, enquanto penso nos milhões de pequenos Brasileiros que nesse momento, estão a ver suas infâncias desaparecerem diante de seus olhos enquanto testemunham a violência a sua volta. Meu filho nunca me questionou porque algumas crianças são de cores diferentes, ou porque falam outra língua. Talvez isso seja porque desde sempre, essa foi a sua realidade e nunca tenha conhecido nada diferente dessa multiculturalidade que ele esta enquadrado.
Como o Brasil pode se quer pensar em construir um país melhor para si sem antes resolver o sofrimento e a negligência criminosa sofrida por nossas crianças? Como podemos acreditar que uma possível saída de um governo e a entrada de outro governo formado pelos mesmos partidos e pelos mesmos políticos poderia, de alguma forma milagrosa, resolver os problemas sociais do Brasil?
É inevitável que sociedades como a sociedade Britânica, continuarão sendo hegemônicas. E essa hegemonia não se deve ao dinheiro, mas sim as responsabilidades assumidas pelos cidadãos e pelos governos em garantir um futuro justo para todos, e não apenas para uma parte da sociedade. É de conhecimento geral que uma sociedade construída sobre uma base que sustenta apenas alguns escolhidos e exclue o restante, é uma sociedade que ruma em direção ao desastre social.
Meu filho tem acesso aqui, a tudo que uma criança poderia ter de bom. Mas nada disso é garantia absoluta de que ele jamais venha a se tornar um criminoso traficante de drogas por exemplo. Mas, quais são as chances dele em relação a uma criança Brasileira de se tornar um assassino ou traficante de drogas? Os números não mentem e a realidade é evidência. Uma coisa porem é certa, se mesmo depois de tudo que meu filho pode desfrutar durante sua infância, ainda venha a se tornar um criminoso no futuro, há uma cela esperando por ele em algum presídio escondido nos vales dos interiores do Reino Unido, porque as justificativas para uma pessoa se transformar em um traficante de drogas aqui, são praticamente inexistentes e certamente injustificáveis quando comparadas com a dramática realidade de milhões de crianças de Norte a Sul do Brasil.
A solução dos problemas sociais do Brasil não esta no policiamento extensivo, nem no governo, e muito menos na televisão. A solução dos problemas sociais do Brasil esta na garantia de acesso a saúde, segurança, esporte, oportunidades, educação e laser para todas as crianças do país sem distinção de qualquer natureza. Enquanto essa responsabilidade não for acatada por todos, enquanto cada cidadão Brasileiro não assumir suas responsabilidades com as crianças Brasileiras, podem derrubar quantos governos quiserem. Podem eleger quantos presidentes desejarem. O Brasil continuara sendo um país sub-desenvolvido, porque a negligência com nossas crianças de hoje é a garantia de um Brasil violento e sub-desenvolvido amanhã. Não há caminho milagroso que encurte o tempo e transforme pessoas em grandes cidadãos. estas ações precisam ser adotadas por todos os cidadãos indiferentes do que o governo promova. Cada criança que tenha garantida o respeito, a segurança e as oportunidades de ter uma infância saudável, significa um passo na direção de um país melhor e mais justo para todos. Quando perdemos uma criança para o crime, para as drogas e para doenças curáveis, o Brasil perde uma batalha e uma chance de crescer melhor. Essa responsabilidade não pertence a mais ninguém se não a nós mesmos. Não há outro caminho que não seja o da justiça social para todas as crianças Brasileiras sem distinção de qualquer natureza.
Finalizo estas linhas com um sentimento de peito apertado misturado a um sentimento de alívio. É muito ruim ter consciência dos problemas que o nosso país vive, sobretudo as crianças. Mas ao mesmo tempo sinto-me aliviado por ter tido a oportunidade de viver num país que cuida de suas crianças com a certeza e a responsabilidade de que estas mesmas crianças serão a garantia de uma sociedade justa e desenvolvida no futuro da sociedade que  vivo hoje. Meu maior desejo é que os Brasileiros deixem de olhar para cima na direção do governo e dos falsos líderes, e passem a olhar para baixo na direção das nossas crianças. É em nossas crianças que devemos depositar nossa fé, nossa confiança e nossos esforços para construir um Brasil melhor para todos. Saudações Fraternas!

2 thoughts on “O SEGREDO DE UMA SOCIEDADE DESENVOLVIDA NÃO ESTA NOS FALSOS LÍDERES. ESTA NAS CRIANÇAS!

  1. Para começar o link a seguir exprime de sobra o que se acontece com o ser humano de modo universal…

    Desmond tutu https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/564x/85/2b/18852b18e019251d9410cf513e9f95bdbc.jpg

    Na Inglaterra o Welfare State é assim porque milhões no mundo afora sofrem com o jugo implacável das

    politicas (For Export Only) implementadas pelo UK. USA, EU. etc…

    Aqui no “mini-inferno” (o Brasil, et al.) doe o coração quando nos temos uma presidente sofrendo um

    golpe Branco precisamente devido a que teve que reeditar 06 aditivos que dizem respeito a Moradia,

    Educação, Mini-Welfare State (Bolsa Família) etc… a maioria disposições de cunho Social…

    É revoltante saber que os que possivelmente assumam o poder seguirão a cartilha do FMI e de quebra

    erradicarão os programas sociais, deixando de novo este pais endividado (Again…)

    Esses falsos lideres tem denominação bem definida: Psicopatas de terno e Gravata Que contaminam

    (Ponerizam) a sociedade.

    “o psiquiatra polonês Andrew Lobaczewski ensina no livro “Political ponerology” (“Ponerologia política”, ainda sem tradução no Brasil): quando um grupo de psicopatas cínicos e descarados assume o poder na sociedade, a histeria, em proporções epidêmicas, se espalha pela população.

    Vale registrar aqui o que Laura Knight-Jadczyk escreve na introdução do livro, já desfazendo a confusão que o termo desperta:

    “A palavra psicopata evoca geralmente imagens do pouco contido – mas surpreendentemente urbano – Dr. Hannibal Lecter do filme “O silêncio dos inocentes”. Eu admito que era esta a imagem que me que ocorria à mente sempre que ouvia a palavra. Mas estava errada, e iria aprender esta lição de forma bastante dolorosa por experiência direta… [M]uitas pessoas nada sabem sobre esta desordem, ou se sabem, pensam apenas em termos de psicopatia violenta – assassinos, assassinos em série, assassinos em massa –, pessoas que quebraram a lei vezes sem conta, e que, se apanhadas, serão encarceradas, talvez até sujeitas à pena de morte, onde esta se aplicar… O que diferencia um psicopata que vive do trabalho dos outros de um que ocasionalmente rouba uma loja, ou de um que seja um barão criminoso contemporâneo – ou o que diferencia um ordinário ‘bully’ de um assassino psicopata – nada mais é que estatuto social, motivação, intelecto, sede de sangue ou simplesmente oportunidade. O que distingue todas estas pessoas do resto de nós é um buraco absolutamente vazio na psique, onde deveria estar a mais evoluída de todas as funções humanizantes.””

    Veja os Links… https://pt.wikipedia.org/wiki/Ponerologia , http://lelivros.website/book/baixar-livro-ponerologia-psicopatas-no-poder-andrew-lobaczewski-em-epub-mobi-e-pdf/

    Enquanto a humanidade não acorde e tome consciência da intra-especie infiltrada entre nos…

    Esses problemas de desigualdade decorrentes da PONERIZAÇÃO da Humanidade JAMAIS serão

    resolvidos…

    • Obrigado pelo excelente comentário Mario R. Williams. Eu concordo plenamente com a tua posição e dividimos as mesmas idéias. Eu sou um grande critico das políticas externas do Reino Unido e do Ocidente de modo geral. Não seria tão inocente de pensar que tudo que usufruímos aqui na ilha é puramente resultado de políticas justas. Não. Eu sei o que eles fizeram e continuam fazendo no mundo. Mas quando eu escrevo para o Brasileiro, a minha intensão é mostrar onde podemos chegar de forma justa. Tenho consciência dos riscos que corro de pessoas como vc que conhecem a história e repito, compartilhamos da mesma causa. Mas nesse artigo o objetivo foi somente salientar que enquanto não abraçarmos essa causa, pouca coisa irá mudar. Saudações Fraternas e mais uma vez, muito obrigado!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s