O Governo, A Sociedade E A Mídia: Três Elementos Que Precisam Trabalhar Juntos! (Opinião)

By: Michaell Lange,

London, 17/08/15 –

Os protestos deste Domingo (16) em todo o Brasil refletiram mais uma vez, uma profunda confusão entre o cenário politico e a situação econômica do Brasil. Os protestos que começaram de forma modesta durante a manhã, ganharam forte adesão no meio da tarde onde segundo alguns veículos de comunicação, chegaram a 350 mil pessoas na avenida Paulista. Um numero porem, bem abaixo do que alguns especialistas chegaram a prever. Alguns previam a possibilidade de 10 milhões de pessoas, o que certamente colocaria fim ao governo Dilma caso se materializasse. Mesmo assim, foi um numero expressivo e que precisa ser respeitado. A participação de grupos politicos na organização dos protestos deu argumento para os movimentos pró-Dilma criticarem a influência de interesses partidários, especialmente com a presença do candidato derrotado na ultima eleição Aécio Neves, que se fosse uma pessoa responsável, deveria estar ajudando a encontrar uma solução para o impasse político que parou o Brasil, ao invés de estar colaborando claramente com a tentativa de desestabilizar ainda mais o governo e a economia Brasileira com o intuito de obter lucro político. Mas é valido o argumento de que é impossível evitar influencias partidárias em eventos dessa magnitude.

Nas redes sociais, uma tempestade de videos demonstraram a diversidade de opinião e diferentes níveis de conhecimento político dos manifestantes. Enquanto varias pessoas demonstraram clara insatisfação com o governo e a corrupção sem citar partidos políticos ou interesses partidários, em outros locais pessoas foram agredidas pelo simples fato de estarem vestidas de vermelho. Os pedidos de intervenção militar diminuíram com relação aos últimos protestos, talvez, uma evidencia de que as pessoas estejam entendendo melhor as contradições entre os argumentos democráticos, intervencionistas e aqueles com simples interesse político. É importante dizer que as redes sociais tem sido uma ferramenta crucial na crescente participação dos Brasileiros nas questões políticas e no desenvolvimento de uma geração infinitamente mais politizada e ativa do que gerações anteriores. As redes sociais tem permitido que assuntos não abordados pela mídia geral sejam publicados, abordados e debatidos muito depois do fim das manifestações. Sem duvidas, as redes sociais tem sido uma ferramenta importantíssima para o desenvolvimento de um conhecimento mais apurado e critico sobre a política Brasileira. Apesar de ainda haver claramente, a falta de um conhecimento político adequado e a ausência de pontos importantes nos argumentos apresentados nas manifestações deste Domingo, foi possível observar que ha uma evolução positiva na forma como as pessoas vem se manifestando, sobretudo na questão pacífica. O Brasileiro ainda precisa aprender a se manifestar junto a grupos com opiniões contrarias assim como foi demonstrado pelas torcidas rivais durante a copa do mundo. O respeito pela opinião contraria numa democracia é tão importante quanto a própria democracia. Não é possível protestar a favor da democracia com cartazes pedindo o fim dos direitos Democráticos.

A mídia geral mais uma vez, demonstrou interesse político ao fazer a cobertura de mais um dia de protestos nacionais. Foi possível observar um pequeno esforço de algumas emissoras, de demonstrar uma certa imparcialidade, mas esse esforço precisa ser muito maior que o que foi apresentado. Em alguns canais de TV como a Rede Globo, a forma como a Globo News e o G1 transmitiram o evento, pareceu duas visões completamente diferentes e mesmo que digam que elas sejam independentes, a Globo News fez um esforço maior para convencer seus ouvintes sobre o numero de pessoas na Avenida paulista, algo desnecessário ja que as imagens estavam mostrando toda a avenida tomada por manifestantes. Outras instituições de comunicação como o SBT e a Jovem Pam, infelizmente, adotaram a parcialidade total dos seus meios de comunicação o que foge das suas responsabilidades morais de informar o publico de forma imparcial. As Redes Sociais tem sido uma fonte muito mais adequada de informação do que o material apresentado pela grande mídia. A irresponsabilidade dos principais meios de comunicação do Brasil tem colaborado de forma infeliz, com a confusão informativa em que o Brasileiro se encontra no momento. É de extrema importância que a mídia assuma sua responsabilidade social e informe a sociedade Brasileira com conteúdo informativo confiável. Sem a colaboração das principais instituições Brasileiras, fica praticamente impossível o desenvolvimento de um país melhor e mais justo para todos.

O governo federal mais uma vez, cometeu o erro de permanecer em silêncio e não responder imediatamente as manifestações deste Domingo (16 ), que levou centenas de milhares de pessoas as ruas de todos os estados Brasileiros, incluindo o Distrito federal. A Presidente Dilma tinha o dever e a responsabilidade de ir a TV em rede nacional e reconhecer os movimentos sociais e responder aos argumentos levantados pelas manifestações durante todo o dia de ontem. Ao menos, um porta voz da presidência deveria ter dado um mínimo de satisfação aos manifestantes e ao restante da população Brasileira. Mas a incompetência desse governo parece ter se tornado um problema generalizado. A falta de uma resposta do governo torna a situação política ainda mais delicada pois, demonstra que parte da população não esta sendo representada pelo executivo, mesmo que parte destas pessoas tenham votado na presidente. É lamentável que uma guerra política possa ter posicionado o governo contra qualquer seguimento da sociedade seja ela qual for, pelo simples fato destas pessoas não concordarem com o governo atual. Sejam coxinhas, ricos, patrões, elites ou que for, a sociedade brasileira tem o direito de protestar e o governo tem a obrigação de responder.

A conclusão é que mesmo tendo muito o que aprender, a sociedade Brasileira tem demonstrado uma superioridade em relação a mídia e governo, na forma como vem tem se comportado diante da realidade política que o país esta vivendo. A forma pacifica e ordeira, apesar das contradições e da intolerância de alguns manifestantes em casos isolados, devem ser reconhecidos por todos. A própria esquerda e os apoiadores da presidente tem um exemplo a seguir e algo a pensar com relação ao modo como se comportam nas manifestações. Uma, avenida paulista fechada de vermelho não é uma demonstração de apoio a presidente nem ao país, mas sim uma marca divisora de classes e de ideologias que não ajuda a sociedade Brasileira em nada. Mesmo havendo bandeiras partidárias, não se viu um mar de bandeiras do PSDB, e esse exemplo é preciso ser seguido pela esquerda. A sociedade Brasileira precisa trabalhar junto em prol de um país melhor para todos. As ideologias e os partidos políticos, juntamente com as suas cores, devem ficar em segundo plano. O governo e a mídia precisam assumir suas responsabilidades e liderar a sociedade Brasileira de forma responsável. Enquanto estes três elementos da sociedade brasileira não trabalhem juntos por um único objetivo, continuaremos a viver esse mar de confusão política e a perpetuação do sub-desenvolvimento.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s