A Atual e Verdadeira Ditadura do Brasil

Por: Michaell Lange

Londres, 07/12/14

Fala-se muito que o Brasil vive uma ditadura e de fato e até certo ponto, essa afirmação faz sentido. Mas não é apenas o governo PT que promove algumas políticas dignas de ditaduras. Há outros setores importantes da sociedade que também promovem uma ditadura que incapacíta e anula os procedimentos legais da democracia. Um dos métodos mais comuns usados para essa ditadura é o medo. O medo de ser despedido, o medo de ser transferido, o medo de ser ridicularizado, o medo de ser assassinado, o medo de ser preso injustamente, de apanhar, etc. O interessante é que a grande maioria das entidades sociais incluindo o indivíduo, usam o medo de uma forma ou de outra para obter algo que não lhe pertence ou que não lhe é de direito. Vejamos por exemplo a ação de alguns policiais abusando de sua autoridade para a obtenção de vantagens como controle fisico e propriedades tanto de indivíduos como de outras instituições da sociedade. Outro exemplo também do uso do medo e intimação por parte de governadores incluindo vereadores, deputados e senadores para a obtenção de benefícios que não são de seus direitos como no caso da então Ministra das Relações Institucionais do PT de SC Ideli Salvatti, que usou o helicóptero da Policia Federal usado pelo SAMU, para fazer campanha política. Obviamente que todas as autoridades da Policia Federal sabiam que isso era um ato ilegal, mas ninguém teve a coragem de impedi-la por conta do medo de represarias por causa da posição da Ministra ou seja, a própria policia federal sendo vitima do medo.

Recentemente temos visto o uso da ditadura por juízes que usam de sua posição para impor suas vontades e “superioridades” sobre o restante da sociedade. Vimos a policial que autuou um Juiz durante uma blitz da lei seca e acabou presa e hoje no G1 ha uma outra matéria de um outro juiz que teria dado vóz de prisão a dois funcionários da empresa aérea TAM por ter chego atrasado para seu vôo e ter sido impedido de embarcar. A evidencia de que o medo pode chegar as escalas mais altas da sociedade estão na própria metéria da globo que não cita o nome do juiz e publíca na mesma matéria o seguinte parágrafo; ” O G1 não conseguiu contato com o juiz (sem nome). O delegado regional de Imperatriz, Francisco de Assis Ramos (este com nome), informou que  não vai se pronunciar sobre o assunto até esta segunda-feira (8), quando pretende apurar melhor o caso. Delegado de plantão no momento do episódio, Marcelo Fernandes (este também com nome), informou também não querer falar a respeito e não confirmou se os funcionários da empresa foram detidos. Em nota a TAM informou que está colaborando e prestando todos os esclarecimentos as autoridades.” Ou seja, o G1 ficou com medo de divulgar o nome do Juiz. Os delegados ficaram com medo de falar a respeito. O Juiz se negou a falar sobre o assunto. E a TAM teve medo de fazer qualquer tipo de protesto em favor dos seus funcionários e contra atitude abusiva do Juiz em nota publicada pela empresa. Ésta é sem dúvidas a maior ditadura que o Brasil vive hoje. Não estamos vivendo uma ditadura golpista como no regime militar, estamos vivendo uma ditadura do medo, uma ditadura de abuso de autoridades sem que ninguém tenha condições de protestar contra por causa das conseqüências que qualquer tentativa de fazer o certo pode trazer. Nenhuma das autoridades publicas que tem o dever de dar explicações sobre seus atos quis se pronunciar como se eles não devessem nenhuma satisfação a sociedade. Ignoram totalmente suas responsabilidades por conta do medo (compreensivel) e aderem a ditadura do medo que hoje domina a sociedade Brasileira onde se você tem amigos no poder, você tem direitos e se você não tem amigos influenciáveis esta a mercê das vontades de autoridades que atuam mais como imperadores do que qualquer outra coisa.

Enquanto ficamos concentrados nas ações do PT, outras instituições como este juiz, usam de sua autoridade para impor uma ditadura sobre o povo tão brutal ou ainda pior que aquela vivida durante o regime militar. O único meio possível de se lidar com estes abusos é o protesto direto e pacifico do povo. Os poderes legislativos e executivos estão corrompidos e o único poder que resta é o poder do povo de se unir e protestar contra essa real e destruidora ditadura que vivemos no nosso dia-a-dia.

matéria publica neste Domingo (7) pelo G1

http://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2014/12/em-imperatriz-juiz-da-ordem-de-prisao-funcionarios-da-tam.html

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s