Não Tenha Medo da Democracia

Por: Michaell Lange

London, 01/12/14

A Democracia Brasileira é nova e cheia de problemas. Um dos principais problemas ao meu ver, é o medo da democracia, causada talvez, pela falta de informação (alguém tem aula de Democracia na escola? eu nunca tive), e a forte influencia do regime militar em nossa formação cidadã. As evidencias podem ser observadas todos os dias nas redes sociais onde diariamente expomos nossos modos de pensar, nossas idéias e consequentemente nosso conhecimento sobre liberdades, direitos e obrigações, que são fundamentos básicos da Democracia. É difícil imaginar uma cena mais bizarra do que um protesto pedindo a volta da ditadura militar que ironicamente proíbe qualquer forma de protesto. Porém, por mais bizarro que possa parecer, o protesto a favor da proibição dos protestos, é um ato Democrático e de direito e que deve ser respeitado por todos aqueles que são a favor da Democracia. O que é comum nas redes sociais é ver pessoas que se declaram pró-democracia apenas quando o assunto em questão é sobre algo que ele apoia, caso contrario encontram formas ditatoriais e fraudulentas para difamar ou tentar anular o processo democrático. A maior evidencia disso foi o comportamento das pessoas no pós-reeleicão onde centenas, se não milhares de pessoas que se declaravam pró-democracia durante o período pré-eleicão, com propagandas partidárias, debates, pedidos de mudanças, de alternância de poder etc, se transformaram nos piores carrascos ditadores que deixaria até o Imperador Norte Coreano com inveja. Essa, é a democracia do, “desde que meu candidato vença” ou seja, democracia ditada por uma mente totalitária que não aceita o sistema democrático que nada mais é do que o poder emanado do povo. Ao invés disso preferem acreditar que a democracia seria algo onde o poder emanaria de quem tem mais poder ou é mais inteligente ou mais bonito ou seja, uma mistura de méritocracia (onde o poder emana de quem merece) com Aristocracia ( onde o poder emana de quem é mais poderoso) e tolice (…). Ninguém duvida da dificuldade que há em perder uma eleição. Quem gosta de futebol sabe bem o gosto amargo da derrota mesmo sabendo já no inicio do jogo, que apenas um será o vencedor. Na política Brasileira não é muito diferente, apesar da importância política ser muito maior que a importância do futebol e muitos de nós ainda não conseguir distinguir bem essa diferença, mas o que eu quero dizer é que, da mesma forma que a esquerda culpa, critica e escorraça a elite Brasileira quando perde uma eleição os direitistas também escorraçam e culpam os Nordestinos, os negros e os pobres quando perdem a eleição. A diferença é que um lado comete um crime e o outro lado necessariamente não, mas o extremismo é bem parecido em ambos os lados.

É irônico e bizarro assistir a um profissional bem sucedido criticando o bolsa família por exemplo, sem perceber que ele mesmo se formou em universidade federal, paga com verba pública e sem a necessidade de ressarcimento ao estado. O cidadão se forma em uma universidade federal paga pelo contribuinte e depois de formado vai cobrar para trabalhar para aqueles que pagaram o seu curso como ocorre por exemplo no caso dos médicos. Para alguns deles o Governo Federal pode privatizar a verba pública para pagar seu curso profissional, mas não pode usar verba pública para combater a miséria e o analfabetismo com o bolsa família. É uma questão de entendimento ou falta dele, e também de ignorância.

Toda essa discussão tem lógica. O problema é que poucos entendem a razão de toda essa confusão de poderes, de partidos, de esquerda/direita, de socialismo e capitalismo e opiniões contrarias, protestos a favor da maconha, contra o cigarro, a favor dos militares, contra a ditadura, a favor dos direitos, contra os direitos etc. A grande verdade sobre a democracia é que esse sistema é um sistema caótico. Não ha democracia sem caos. Não há ordem propriamente dita na democracia. Imagine dar os mesmos direitos e liberdades a 200 milhões de pessoas com pensamentos e idéias totalmente diferentes uma das outras? Por isso eu costumo dizer que quem procura ordem deve procurar viver numa ditadura, de preferencia militar. Veja o exemplo da Coreia do Norte. La, tudo esta na mais perfeita ordem porque o poder, os direitos e a liberdade estão nas mão de uma única pessoa. Não tem discussão, não tem debate, nem protesto, nem eleição. Ninguém interrompe o transito, ninguém fecha as ruas, ninguém faz greve ou paralisação. Já o caos democrático pode ser, mais ou menos, equilibrado por uma única virtude importante porém ainda rara na sociedade Brasileira. Estou falando da tolerância. Sem ela, o sistema democrático se transforma em guerra civil pois, ninguém aceita a opinião nem a escolha, nem o modo de vida de ninguém e por isso a decisão fica por conta de quem conseguir sobreviver mais tempo. Meu conselho aos Brasileiros é simples; não tenha medo da democracia! Quanto mais tolerantes, mais liberdades e direitos teremos e mais saudável será a nossa democracia.

Meu alerta no entanto tem dois pontos. O primeiro é ter cuidado com quem não aceita a democracia como  opcão, estas pessoas sempre existirão. O segundo ponto é focar na informação e educação  sobre o que é, e como funciona o sistema democrático, porque nem o atual governo nem o governo anterior se preocuparam muito em dizer para você ou para seus filhos o que de fato envolve a democracia, talvez por medo, suspeito eu, que você venha a descobrir verdadeiramente o poder que existe em suas mãos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s